10 de mai de 2014

Etapas


 Ola a todos. nao me lembro de tirar fotos dos processos dos desenhos, mas dessa vez eu tive o cuidado de fazer isto. Esse e um desenho tamanho A3, para esse aqui (para os demais que tenho feito), usei bico de pena, e so um pouquinho de aquarela apenas para marcar as cores. Tenho feito muita coisa assim ultimamente. 
Comecei o desenho com uma lapiseira bem fraca, e cobri com aquarela bem diluida. Nao tomo o cuidado de fazer as marcas corretas, so marco as  cores de fundo. Quando a folha estiver muito bem seca, ai sim eu comeco o bico de pena.
Antigamente quando eu tentava fazer as duas tecnicas, cobria com nanquim e depois pintava. Nao fica bom desse jeito, primeiro porque ha o risco de manchar o desenho de preto e as cores da aquarela. Segundo, porque mesmo que a agua da aquarela nao borre o nanquim, ela cria uma fina camada de aquarela que tira  brilho do nanquim e pode esconder os tracos a pena. 
Para que o bico de pena se destaque num desenho com tecnica mista, ele deve ser o ultimo a ser usado. A minha dica e esta... 



Desenho pronto. Aquarela muito fraca.

Eu nao tenho curso de aquarela e nem de bico de pena. Sao coisas que eu fui e continuo autodidata.
Quando em Chios, recebi  muitos conselhos dos artistas locais sobre como melhorar meu trabalho, e todos foram uteis. Mas perto de vir ao Brasil, um pintor de icones religiosos parou para ver meu trabalho, que estava a feira de Agroturismo. Foi o melhor conselho que eu ja recebi...
Ficou parado analisando por muito tempo. Depois educadamente me perguntou porque eu matava minha melhor tecnica. 
Matar minha tecnica? Na opiniao dele, o que mais de destaca de bom (sem falsa modestia, me considero longe do meu ideal tecnico, mas sei que nao esta ruim) sao os bicos de pena. Porque colocar bico de pena e aquarela brigando por espaco e pesando um mesmo desenho? A aquarela devia ser so coadjuvante. 
Ele me sugeriu que eu invista mais nos bicos de pena, enquanto nao tenho dominio em aquarela. 
Ele tem  razao. Estou seguindo o conselho dele. Sei que vou melhorar. 
Tchau e abracos!